in

“Vale a pena fazer ménage com alguém que se ama?”

Olá, amigos!

Uma amiga minha muito próxima me enviou uma dúvida e resolvi compartilhar a resposta que dei a ela com vocês. O tema justifica isso.

O ménage é muito popular. Quem nunca fez um menajão safado com duas gêmeas suecas, não é mesmo?

O problema talvez surja quando você está apaixonado por uma delas (ou até pelas duas, como foi meu caso com Heidi e Helga). Afinal, vale a pena embarcar nessa deliciosa sem vergonhice de putaria e luxúria quando uma das pessoas é seu amorzinho lindo, seu chuchuzinho, seu docinho de coco do coração e não apenas uma peguete, garota de programa ou pessoa aleatória que abriu a porta do quarto sem querer bem nessa hora? Hein? Vejam só o que eu respondi pra minha amiga:

“Gata,

Sou um homem vivido. E vívido. Já experimentei toda sorte de especiarias e néctares alucinógenos, já pratiquei todas as modalidades de sexo hétero disponíveis no mercado – e até algumas que inventei na hora – e uma coisa eu posso te garantir: se tem algo que SEMPRE dá merda na vida de um casal é o tal do ménage à trois, essa fantasia idiota da qual nós, estúpidos homens, não conseguimos nos desvencilhar. E que algumas mulheres adoram. Mas gata, na boa, eu não mentiria pra você: alguns segundos de orgasmo (ou vários segundos) não compensam uma eternidade de recriminações, culpabilizações e agressões veladas. Que é o que vai rolar depois, inevitavelmente. Não compensam mesmo. Eu gostaria de ter tempo e paciência para expor aqui os danos profundos que um threesome pode causar ao seu relacionamento, mas nem rola (voltarei ao tema mais tarde, após tirar uma soneca).

O fato é que essa prática é nociva, daninha, nefasta [a repetição pleonástica é proposital] e só gera ciúme, mágoa e câimbra na perna, além de ser capaz de produzir também desconfiança suficiente para corroer até o mais sólido dos casamentos, que dirá esse seu namorico. Então, NÃO faça.

E quero ainda deixar algo bem claro por escrito, registrado aqui – pretendo levar isso a um cartório na segunda-feira, depois do almoço: da próxima vez que alguma namorada minha me sugerir aquela amiga deslumbrantemente gostosa pra uma noite de sacanagem e quiser enfiá-la no nosso quarto, pra profanar nossa relação e corromper a ternura mais fofa da nossa intimidade, na boa, não vou fazer questão de ser educado, minha resposta será áspera, inflexível, definitiva! -> TALVEZ.

É isso.

Com carinho, do teu

F.” 

* * *

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Written by admin

Avatar

Informações biográficas do autor, Informações biográficas do autor<Informações biográficas do autor,Informações biográficas do autor<Informações biográficas do autor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *